Rejeição

“Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra;
e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.”

João 14.23

 

Ainda que todos nos rejeitem, Deus jamais nos rejeitará. É muito bom saber disso. Não há nada melhor do que sentir-se acolhido, aceito, e amado por Deus. Contudo, nem todos podem desfrutar disso. A primeira afirmação desse texto só é válida àqueles que amam e obedecem ao Filho de Deus, Jesus Cristo (Jo 14.23).

 

Tenho visto muitas pessoas sofrerem rejeição. Tanto cristãos como não cristãos passam por isso. A única diferença é que os cristãos são amparados e confortados por Deus de uma maneira indescritível, enquanto os não cristãos sofrem sozinhos.

 

O conforto divino suplanta a rejeição dos homens. A companhia de Cristo desvia a atenção do desprezo das pessoas. O amor incondicional e infinito de Deus minimiza qualquer efeito da falta de amor do nosso próximo.

 

Nem sempre seremos bem aceitos por todos, e em todos os lugares. Certamente, há características em nós que jamais serão bem-vistas por algumas pessoas. Mas, uma coisa é certa: aqueles que amam o Senhor Jesus Cristo e obedecem sua Palavra, são amados por Deus! E mais, são habitados por Deus!

 

O pecado nos faz pensar que, se formos bem aceitos pelas pessoas, estaremos bem. Mas isso é um engano.

 

A Bíblia nos encoraja a:

  1. Confiar na aceitação de Deus: “o SENHOR não há de rejeitar o seu povo, nem desamparar a sua herança” (Sl 94.14);

  2. Valorizar a aceitação de Deus: “Bendito seja Deus, que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça” (Sl 66.20);

  3. Reconhecer que Jesus foi o mais rejeitado: “Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso” (Is 53.3; Mc 8.31).

 

A rejeição afeta profundamente a estabilidade emocional de muita gente. Isso é natural. Porém, precisamos refletir sobre o que vale mais, a aceitação das pessoas ou a aceitação de Deus?

 

Aquele que foi o mais desprezado entre os homens foi quem tornou possível a nossa aceitação por Deus (Rm 5.1). Jesus nos convida a irmos a Ele, andarmos com ele, e aprendermos com ele. Ele não nos rejeitará!

 

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo [ou seja, ande junto comigo] e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma."

Mateus 11.28-29.

Compartilhe no Facebook
Please reload

SERMÕES
Please reload

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Google Places - o círculo branco

© 2020 Congregação Presbiteriana Ocian.