Duas incertezas, um soberano

Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR; este, segundo o seu querer, o inclina. Pv 21.1.

 

Duas realidades tem criado clima de tensão em nosso povo: A estiagem histórica no estado de São Paulo e o segundo turno das eleições. Há muitos meses os reservatórios de águas estão baixando, e o principal de São Paulo já está com menos de 3,5% de sua capacidade. E, além disso, neste domingo, o povo brasileiro decidirá quem será o presidente da nação durante o próximo quadriênio.

 

Muita tensão marca esse período. Todos estão atentos tanto às novas previsões do tempo, que anunciam apenas 50mm para este final de mês, quanto às últimas pesquisas eleitorais, que anunciam empate técnico.

 

Até agora, DUAS INCERTEZAS: Quando a água voltará de verdade pra São Paulo, e, quem será eleito presidente. Mas também precisamos considerar: há UM SOBERANO!

 

Em Provérbios 21.1 lemos que “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR; este, segundo o seu querer, o inclina”. Esse texto trás uma certeza em meio à duas incertezas. A mão de Deus dirige tanto as águas, quanto o coração dos governantes!

 

Em um tempo em que as pessoas estão colocando sua confiança na vinda de muitas águas para São Paulo e na eleição de determinado candidato, nós colocamos a nossa confiança no Senhor, nosso Deus. Ele pode mandar chuvas ou não, e pode conceder um bom presidente ou não. Ele é soberano. A Ele, pois, toda honra e toda glória para sempre!

Compartilhe no Facebook
Please reload

SERMÕES
Please reload

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Google Places - o círculo branco

© 2020 Congregação Presbiteriana Ocian.