Diferenciados por Deus

1Coríntios 12.14-18

 

Deus nos fez diferentes. Assim como o corpo humano tem muitos membros e cada um é diferente do outro, o corpo de Cristo é formado por pessoas cujas diferenças foram estabelecidas por Deus. Mas a diferença que existe não é em termos de valores, mas de funções e posições.

 

Em primeiro lugar, a Igreja é um corpo de pessoas diferenciadas por Deus em relação às suas funções – (vv.15-17). É muito evidente a diferença de há entre nós. Temos habilidades, recursos e capacidades diferentes. Alguns são músicos, outros são escritores, e outros são intercessores. Alguns têm carro, outros têm tempo, e outros, saúde. Alguns lidam muito bem com crianças, outros com adolescentes, e outros, com adultos. Mas, nenhum é mais valioso que os demais. Pelo contrário, apesar de termos funções diferentes, somos membros de um só corpo, e membros uns dos outros (Rm 12.5).

 

Em segundo lugar, a Igreja é um corpo de pessoas diferenciadas por Deus em relação às suas posições – (v.18). Somos todos responsáveis pela edificação do corpo, mas Deus colocou cada numa posição em relação aos outros. Diáconos estão em posição diferente em relação aos novos convertidos; alunos estão em posição diferente em relação aos professores; presbíteros regentes estão em posição diferente em relação aos presbíteros docentes (pastores). Mas, nenhum é mais valioso que os demais. O que acontece é que alguns, além de terem funções diferentes, estão investidos de uma responsabilidade maior, assim como no texto de Efésios 4.11-14, que mostra que os apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres não são superiores aos meninos agitados, mas estão na posição servir aos meninos, para que eles sejam aperfeiçoados.

 

Os riscos que corremos por causa da diferença que há entre nós é a (1) inveja e o
(2) sentimento de que para servir na igreja é preciso atuar numa função ou posição específica. Temos que rejeitar e nos arrepender se tivermos esses sentimentos.

 

Algumas lições que devemos aprender do texto analisado são: (1) Reconhecer que Deus nos colocou em posições diferentes. (2) Ter alegria naquilo que fazemos e onde estamos. (3) Valorizar a multiplicidade de funções e posições.

 

Concluindo, somos diferenciados por Deus, mas a diferença que há entre nós não é de valor, mas de função e posição. Que Deus nos ajude a atuarmos no corpo de Cristo de uma maneira que Ele seja glorificado!

Compartilhe no Facebook
Please reload

SERMÕES
Please reload

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Google Places - o círculo branco

© 2020 Congregação Presbiteriana Ocian.